domingo, 22 de maio de 2011

Vamos desintoxicar???

Meninas, eu não sei vocês, mas todo final de semana é a mesma coisa... abuso das comidinhas gostosas e passo o domingo me perguntando... precisava disso tudo?

Na verdade PRECISAVA, pois a gente merece escorregar na dieta, desde que corra atrás do prejuizo depois!!!

Vou dividir com vocês um chá maravilhoso para ajudar a desintoxicar o organismo quando abusamos das guloseimas, o CHÁ DE CAVALINHA!




Já conhecemos (eu AMO!) os chás VERDE e BRANCO que são uma beleza para o corpo, mas o de cavalinha é sempre esquecido, então, vamos utilizar essa belezinha que a natureza nos dá!!!

Vocês podem conhecer por outros nomes como: cavalinha, árvore-de-natal, cauda-de-raposa, cauda de equina, cauda-de-cavalo, erva de canudo, equisseto, milho-de-cobra, pinheirinho, rabo-de-cavalo, cavalinha holandesa, lixa-vegetal e rabo-de-rato.
Nome científico: Equisetum giganteum

A cavalinha é uma planta presente na história desde a Roma Antiga, onde era aplicada no tratamento de problemas respiratórios, infecções urinárias e da próstata. Atualmente, consta na relação de ervas reconhecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e é bastante utilizada para amenizar dores de cabeça, hemorragias, equilibrar a pressão e prevenir a osteoporose.

Porém, o que mais chama a atenção é sua ação diurética que, por evitar a retenção de líquidos, auxilia no emagrecimento; e no combate a estrias e celulite, por acelerar o efeito do colágeno no organismo.

A erva é rica em substâncias (glicosídeos flavônicos, saponinas, ácido gálico e potássio) responsáveis pela eliminação de substâncias tóxicas. Além disso, a cavalinha é boa fonte de taninos, poderosos adstringentes que melhoram o tratamento externo da acne, e de silício, que participa da calcificação dos ossos e age sobre as fibras elásticas das artérias. Como anti-inflamatória, a erva ameniza os inchaços. Ela também acelera a cicatrização e aumenta a elasticidade da pele, atuando como um hidratante profundo. Nos tratamentos de beleza, fortalece as unhas e dá brilho aos cabelos.

Mas cuidado, há Contraindicação para as pessoas com pressão baixa.

Além disso, também é importante tomar cuidado com a ingestão de chás e infusões preparadas com esta planta porque, em excesso, há risco de intoxicação e irritação intestinal.

Curiosidade: como outras inúmeras ervas, a cavalinha também era utilizada para “finalidades mágicas”. Com seus caules ocos, os antigos pastores fabricavam flautas que eram usadas para espantar serpentes, daí o nome popular “milho-de-cobra”. Além disso, sempre foi muito forte a ligação entre a planta e a fertilidade feminina: quando uma mulher queria engravidar, era costume colocar um vaso de cavalinha dentro do quarto.

E ai meninas? Vamos explorar mais essa erva? Nesse friozinho que está fazendo é um boa!!!

Beijinhos p todas,
Francesca

10 comentários:

Bruna disse...

Nem me fale hoje cometi mais uma vez o pecado da gula. E vou de chá de cavalinha.
Beijos

Acho Chic disse...

Vamos TODAS...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!

Entre Amigas disse...

Vou provar já !!!!!!!!!!!!
beijos
Ro
http://entreamigasbrechos.blogspot.com/

IsadoraA. disse...

kkkkkkkkkkkk um onda esse seu post visita lá
lindinhaa
isadoaa.blogspot.com

Rosiane Teixeira disse...

Escorreguei na dieta hoje. Preciso de um chá desses urgente.
Um beijo.

Liu disse...

Amei essa dica, já tava querendo tomar litros, mas não pode, vou procurar e tomar direitinho sem exagero, tô precisada.

Bjo

Rosicarmen disse...

Oi,Francesca, tudo bem?! Olha, vc não é a única a se jogar nas guloseimas no fds. Kkkkkk. Então, vamos cair no chá p desintoxicar. Bjokas.

Acho Chic disse...

Vamos mesmo... gordurinhas se acumulando NINGUEM MERECE!!!!

Tati Alves disse...

oie flor é mesmo amanhã to só no chasinho adorei a receita,beijo

Denair Kalb disse...

Gosto bastante de chás, mas nunca experimentei esse. Ele é maravilhoso para desintoxicar ou é saboroso também?

Postar um comentário

Sejam bem vindas e comentem a vontade!!